Tudo pronto para o início do carnaval, onde só quem dança é o povo.



Você pode ter se assustado com o título da nossa reflexão de hoje: Tudo pronto para o início do carnaval, onde só quem dança é o povo. 
Por isso peço sua permissão para melhor explicar:
Por que a palavra carnaval está em presente em nosso título? Não por ser uma das maiores festas realizadas em todo o nosso querido e sofrido Brasil, mas por ser nesta festa, que as pessoas podem usar a máscara que quiserem, com os mais variados fins. Quem de nós nunca usou uma máscara para disfarçar aquela tristeza, aquele momento ruim em nossa vida? Todos nós já usamos a máscara em algum momento ruim ou simplesmente para disfarçar algo.
Neste sentido, o atual momento por qual passamos, é que o nosso dinheiro de forma direta ou indireta, começa a ser gasto por aqueles políticos que necessitam em caráter de urgência, de uma dessas máscaras para melhor disfarçar sua real identidade. É hora de os profissionais em mascarar políticos soberbos, orgulhosos, pretensiosos de superioridades sobre o povo, ganhar dinheiro, e não é pouco, e depois este dinheiro, sem sombra de dúvidas, será pago pelos cofres públicos. Isto porque sabemos que toda campanha é financiada, e todos sabem como funcionam estes financiamentos, parece que só a Justiça que não vê, também pudera, ela é cega, tem uma venda nos olhos. Você tem dúvida, que neste carnaval de demagogias, só quem dança é o povo?
Os políticos nem o povo, não devem esquecer que a melhor apresentação, a mais convincente, é aquela da autenticidade e o eleitor por sua vez, deve ficar atento para perceber onde esta autenticidade está mais presente por trás das mais variadas máscaras que já estão sendo usadas, porém ficará mais visível e mais acentuada a partir do dia 16 próximo.
A partir de agora, vigiai, pois muitos serão os eleitores que também usarão das máscaras, para pregar sobre o “velho” e o “novo”, como donos da razão, da sabedoria e da verdade absoluta. É hora de ficarmos todos atentos, pois os inconformados e descontentes com o Poder, geralmente são aqueles que do Poder não fazem parte ou que a estes foram prometidos e a promessa não foi cumprida, e os conformados, felizes e que não reclamam de nada, usam uma venda nos olhos, para estes tudo está às mil maravilhas, abramos ainda mais os nossos olhos, pois geralmente estes, ganham muito sem saber sequer o que significa “suar a camisa”.
Neste carnaval de demagogia, que agora vivenciamos, só quem dança é o povo.


Novas Eleições, novas esperanças.


Estamos à beira de mais uma campanha política, onde os velhos e conhecidos caciques políticos se candidatarão novamente, trazendo para nós (o  povo) novas e velhas promessas. As velhas promessas, é porque não foram cumpridas. E as novas? Será se terão chances de serem cumpridas em mais um mandato? Não serão promessas mirabolantes, que certamente fazem parte da fantasia apenas dos candidatos?... É, o povo tem que ficar esperto com esses tipos de promessa, não aguentamos mais o câncer da corrupção que tomou conta de todo o nosso país e ainda termos de conviver com políticos totalmente despreparados que não sabem sequer o que estão dizendo, prometendo.
Acredito que a maioria dos brasileiros, assim como eu, tem a corrupção como a maior mazela do país. Estes últimos anos, o Brasil foi polarizado por uma crise moral, política e financeira nunca visto antes em nossa história.
Não é nada fácil prever como tudo isto  vai acabar, mas, parece que a máscara de muitos políticos facistas disfarçados de democratas, cairão antes do fim de todo este circo. Por isso carecemos em caráter de urgência, de pessoas boas, de boa índole, que seja comprometida tão-somente com o bem estar social, com a saúde e segurança de nossa gente.

Diante do  atual cenário político Municipal, Estadual e Federal, se faz necessário a criação de uma nova geração de políticos, que  sejam honestos, que tenham bom exemplos, e para isto, pessoas como eu e você, devemos apoiar novos lideres para concorrer a cargos públicos, para quem sabe se algo der errado, no futuro possamos bater no peito e dizer que pelo menos tentamos.

Eleições Municipais, de novo...


No editorial do Plano de Governo do atual prefeito no último pleito eleitoral, inicia-se com as seguintes palavras: “O povo de Missão Velha passou os últimos quatro anos desacreditado em uma gestão má administrada”. Como solução, apresentava-se como a melhor proposta, com mudanças urgentes e necessárias para os munícipes que precisávamos naquela época, de melhores oportunidades de trabalho e de uma política igualitária, principalmente para os que se encontravam às margens de uma qualidade de vida digna e justa. Passaram-se praticamente quatro anos, e quais propostas foram cumpridas? Os menos favorecidos, foram realmente beneficiados com o que prometera a atual administração? As oportunidades de trabalho apareceram? Nossos jovens foram contemplados com as oportunidades de trabalho e de forma isonômica? Quantos empregos e rendas nosso município gerou? Será se os serviços públicos oferecidos pela administração: Missão Velha de todos nós são suficientes e eficientes? Dizia-se ainda naquele editorial, que: “O município que não atende as reais necessidades básicas (Saúde, Educação, Emprego e Renda) de sua gente não é uma cidade comprometida com o povo”. Será se o nosso povo (menos favorecidos) foi atendido em suas necessidades básicas quando precisou de atendimento no Hospital Geral de Missão Velha ou no PSF de sua localidade? Tudo bem que o Brasil está na UTI, quando o assunto é saúde... Quem dera apenas a saúde estivesse na UTI, mas além dela, está também com um câncer em metástase a Segurança Pública, a Educação, a geração de Empregos, a nossa cultura, e outras coisas mais... 2016 está aí, ano de mais uma vez, temos o poder de decidirmos o que ou quem queremos para a nossa Missão Velha. Os eleitores mais exaltados, já discutem a política apontando quem é o melhor ou pior para ser votados nas eleições de outubro. É sempre bom antes de confirmarmos o nosso voto, fazermos sempre uma reflexão e conhecermos melhor os pretensos candidatos ao Executivo. Quem são? O que já fizeram para o engrandecimento de nossa cidade? O que poderão fazer? Merecem uma ou outra oportunidade? Será se estão realmente preocupados em defender o interesse público, ou estão apenas correndo atrás de defender o seu próprio interesse, o seu orgulho, ou quem sabe o seu status na sociedade? É... tudo isso e outras coisas mais, temos que levar em conta. É bom lembrar que este ano, outros candidatos, apresentam-se como o “NOVO” e que podem ou poderão fazer a diferença... Mas, será? Onde estão buscando apoio estes que se apresentam como a solução? Junto ao povo ou às velhas raposas, que já sabem onde a coruja dorme? Pena que o que vai vencer nas eleições deste ano, não será aquele que seria melhor para Missão Velha, porém será aquele que... ( ah dispenso comentário, você já sabe mesmo...) e como você já sabe a resposta, a certeza que eu tenho é que nossa Missão, continuará cada vez mais velha... E a comemoração da nossa emancipação de 152 anos? Ah deixe para lá... Mas, ainda sonho com que nós, um dia, nos emancipemos do cabresto, das amarras, da ferra e das vendas, que nós insistimos por ignorância em continuarmos com elas...

Edital de Convocação.



Edital de Convocação da Conferência Municipal de 2015


O Comitê Municipal do  Partido Comunista do Brasil - PC do B, no município, através de seu presidente abaixo assinado, com base na Norma estabelecida pelo Comitê Central, em 16/08/2015, na Norma Complementar do Comitê Estadual, aprovada em 23/08/2015, e, de acordo com o que estabelece o Estatuto Partidário, artigo 32, convoca a Conferência Municipal Ordinária de Missão Velha - Ceará, a realizar-se no dia 31 de outubro de 2015 às 16:00 horas, no Distrito de Jamacaru, na Praça da Igreja Matriz de Nossa Senhora das Dores.


A Ordem do dia da Conferência Municipal será:

1) Discussão e deliberação sobre o Projeto de Resolução Política e de Construção Partidária apresentada pelo Comitê Estadual;

2) Balanço das atividades da direção municipal, estabelecimento do número de membros da respectiva direção e eleição dos seus dirigentes para o mandato 2015-2017;

3) Eleição de delegados (as) à 22ª Conferência Estadual.

Para a qual convida todos os filiados do Partido. 


Missão Velha-CE, 17 de outubro de 2015.



João Santana
Presidente

Dia dedicado ao mestre

Se lhe perguntassem qual é a profissão mais importante do mundo em sua opinião, o que você responderia? Caso sua resposta seja “magistério”, saiba que muitas pessoas concordam em gênero, número e grau com você. Professores participam não somente da formação do nosso conhecimento, mas também do desenvolvimento do nosso caráter, educação e maneira de conviver com o mundo.
No dia 15 de outubro, nós celebramos uma data muito importante para esse que é o maior profissional com o qual você provavelmente já lidou um dia. Mas você sabe por que o dia do professor é celebrado no dia 15 de outubro? Nesse artigo comemorativo vamos contar para você um pouco mais sobre a história dessa tão nobre profissão. Confira!

A origem do Dia do Professor

A data 15 de outubro foi escolhida para marcar o dia em que celebramos a profissão de professor por causa de um evento histórico, que ocorreu ainda na época do Brasil Imperial. Em 15 de outubro de 1827 Dom Pedro I, até então Imperador do Brasil, baixou um decreto imperial que estabelecia a criação do ensino elementar no país, garantindo que qualquer cidade ou vila brasileira tivesse acesso a suas próprias escolas. Além disso, o mesmo decreto determinava outras condições importantes para que a ampliação do ensino acontecesse no país, como o salário dos professores e as matérias básicas que seriam ensinadas nessas escolas.

Decreto oficial que tornou a data celebrativa

Depois de muitos anos, mais especificamente no ano de 1947, um professor paulista, de nome Sebastião Becker, se reuniu com outros colegas para criar uma confraternização nesse mesmo dia 15 de outubro, para celebrar a importância da profissão de professor no país. Em 1963 essa data foi oficializada pelo governo federal como o dia do professor, de acordo com o Decreto Federal 52.682. O decreto incentiva que instituições de ensino em todo o país celebrem a data, com o intuito de lembrar a importância desse profissional na história do país.

Apesar da celebração, o reconhecimento ainda é pequeno

Sabemos que o professor é um dos profissionais mais importantes para qualquer sociedade e que nunca será substituído (veja nosso ebook gratuito:”Por que o professor nunca será substituído pela tecnologia?“) — afinal, ele é parte integrante da formação da educação de uma população e sabemos que sem educação não há avanços, nem científicos, muito menos sociais.
Apesar dessa situação, muito ainda precisa mudar na realidade dos professores no Brasil. Se pararmos para pensar na desvalorização da profissão, do piso salarial que não condiz com a realidade e das condições em que são tratados os professores — especialmente das redes públicas — no país, ainda não existem motivos para celebrar a data de maneira tão efusiva. O dia dos professores está servindo, na grande maioria das vezes, para relembrar a população — e especialmente os governantes — de que se não cuidarmos de quem cuida da base da educação de um país, estamos fadados a viver uma realidade ainda mais dura para a nossa sociedade.
Esperamos, portanto, que esse dia 15 de outubro seja sim motivo para celebrar ser professor — porque essa é uma profissão que precisa trazer orgulho. Porém, é preciso sempre usar essa data para manifestar e batalhar por mais justiça e reconhecimento, para que no futuro os professores sejam tão valorizados quanto quaisquer outras profissões que consideramos importantes no nosso dia a dia.
http://appprova.com.br/2015/10/15/15-de-outubro-comemore-o-dia-do-professor/?utm_campaign=dia_do_professor_-_professores&utm_medium=email&utm_source=RD+Station

Suplente de vereadora é empossada

Jacinta Pereira Lopes (PHS)
Suplente de vereadora é empossada
A Câmara Municipal de Missão Velha, empossou na noite desta última quinta feira dia 08 de outubro de 2015,a suplente da vereadora Jacinta Pereira Lopes (PHS), pela Coligação “Missão Velha em boas mãos – 2012”. A nova vereadora fez o juramento no Plenário da Câmara e depois de apresentado os documentos exigidos para este ato, foi empossado pelo presidente da Casa, Vereador Cícero Meneses Macedo, na presença de vereadores e servidores do Poder Legislativo Municipal, na forma da legislação vigente que foram aceitos e determinado seu arquivamento para os devidos fins legais. Conforme previsto no Regimento Interno da Casa Legislativa, a vereadora Edênia Tavares Santana Sampaio requereu pedido de licença sem remuneração, por um prazo de (120) cento e vinte dias
« Página Anterior Página inicial